Eventos

365 ALGARVE

365 ALGARVE

O segundo evento deste programa cultural é também ele rico em música, dança e teatro, bem como em exposições. Podemos, ainda, desfrutar de atividades tradicionais, gastronomia e apresentações de filmes

Mais
Jazz nas Adegas

Jazz nas Adegas

A quarta edição do Jazz nas Adegas proporcionará ambientes marcantes e diferenciadores em sessões realizadas na casa dos produtores dos Vinhos de Silves. Do evento, farão parte concertos de jazz dos mais variados estilos e, em cada sessão, o público desfrutará de sonoridades que se adaptam aos ambientes que cada produtor proporciona. Ao longo do evento, serão oferecidas três provas de vinho do anfitrião, harmonizadas com tapas feitas com produtos regionais.

Mais
STREET ART LAB

STREET ART LAB

A partir de um emblemático edifício histórico (antiga cadeia de Lagos), que é hoje um espaço cultural e dedicado à experimentação artística, tem início uma viagem de descoberta da arte urbana presente na cidade de Lagos. Através de uma visita guiada a obras de alguns dos artistas mais representativos do panorama contemporâneo da arte urbana, o participante é convidado a desvendar possíveis mensagens implícitas nos murais desta cidade-tela, ao mesmo tempo que procura outras particularidades reveladoras da sua importância cultural, histórica e artística. O programa integra atividades de experimentação e criação, orientadas por um artista convidado. Serão disponibilizados materiais como stencil, tintas, spray, papel, entre outros. No final, o participante fica com o trabalho criativo que realizou.

Mais
LES DODOS – COMPANHIA LE P’TIT CIRK

LES DODOS – COMPANHIA LE P’TIT CIRK

Os dodos foram uma espécie de ave que se extinguiu por ser demasiado desajeitada para sobreviver: não sabia voar, não sabia nadar e era demasiado ingénua para enfrentar a dureza da vida. Este pássaro representava, fisicamente, o oposto do acrobata; contudo, são ambos inconscientes. Viajam entre o medo e a ingenuidade, a vida e a sobrevivência. Este é um espetáculo onde cinco músicos acrobatas elaboram modelos de microssociedades, expressas através de jogos de relações sensíveis de fragilidade, poder e benevolência. A hostilidade do mundo condena-os a inventarem mecanismos de sobrevivência freneticamente irrisórios, como as tentativas improváveis de escapar à gravidade, através de uma imaginação sem limites. Um espetáculo ritmado que respira através da música das guitarras, do contrabaixo e do violino.

Mais